Blog » Saúde & Bem Estar

Importância da atividade física na terceira idade

Já foi o tempo em que a imagem da terceira idade era de velhinhos vestidos de roupas de lã, sentados no sofá fazendo atividades leves. Os novos idosos são pessoas ativas, que na maioria das vezes continuam no mercado de trabalho e estão em busca de uma vida mais saudável e com muito mais qualidade.
Os idosos desejam viver cada vez mais, mas sem precisar se preocupar com doenças ou problemas que comumente aparecem com o passar dos anos. Dentro deste contexto, tem aumentado também a pesquisa a respeito de atividades físicas que podem garantir uma maior qualidade de vida e saúde.
O ideal é manter uma rotina de atividades físicas desde jovem, fortalecendo o corpo e deixando-o preparado para os futuros anos. Mas mesmo aqueles que procuram por exercícios físicos somente depois que a terceira idade bate à porta podem aproveitar os benefícios.
Segundo especialistas, as atividades físicas na terceira idade pode retardar a perda da força nas articulações, evitam a diminuição de cálcio nos ossos, problema que leva à osteoporose, e ainda garantem um melhor funcionamento do sistema imune e dos órgãos.
As atividades físicas na terceira idade, portanto, possuem uma importância enorme e podem diminuir problemas cardiovasculares, doenças pulmonares e são capazes até de manter o controle de diabetes, muito comum em pessoas com idades acima dos 60 anos.
Manter uma rotina de atividades, sempre com a indicação e o olhar atento de um médico, pode diminuir a hipertrofia muscular e fortalecer os músculos, ideal para evitar quedas e garantir mais independência para o idoso.
As atividades físicas também trazem benefícios para o sistema cognitivo, para o equilíbrio e até para o bem-estar mental, já que trazem bem-estar. Uma forma ainda melhor de garantir todos estes benefícios e aumentar ainda mais a qualidade e a expectativa de vida dos idosos é aliar as atividades físicas a momentos sociais.
Ou seja, quando realizadas em grupo estas atividades ainda garantem ao idoso uma sensação de liberdade e felicidade, que pode ser essencial para a diminuição da depressão, também bastante comum nesta época da vida.

Como os idosos podem começar a se exercitar

Sabendo de todos os benefícios e da importância da atividade física na terceira idade, um número cada maior de pessoas tem buscado por este tipo de realidade. Mas é importante salientar que antes de começar os idosos devem sempre buscar apoio e ajuda médica a fim de verificar quais são os limites de cada um.
O médico pode indicar atividades leves, como a caminhada, a dança e também pode achar que o idoso precisa buscar exercícios de musculação, fortalecendo o corpo ao mesmo tempo.
As cidades brasileiras já possuem atualmente academias ao lar livre em parques e atividades voltadas exclusivamente para a saúde e o bem-estar de idosos. Há ainda academias particulares especializadas neste tipo de público e grupos que organizam eventos e atividades para conquistar este objetivo.
A atividade na terceira idade pode garantir ao idoso uma vida mais longa e o melhor, longe de doenças, dores e problemas que diminuem sua felicidade.