Blog » Saúde & Bem Estar

Mercado de Planos de Saúde na cidade de Campinas, saiba como a crise afeta o setor de saúde

O primeiro semestre de 2016 foi bastante conturbado para todos os setores da economia. Os planos de saúde em Campinas, por exemplo, perderam 60 mil clientes nos últimos 12 meses, principalmente no início deste ano.
Segundo estudo da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, que regula os serviços de Planos de Saúde no Brasil, foram quatro quedas consecutivas no números de clientes desde março de 2015, apenas na cidade de Campinas.
Dentre as causas apontadas pela ANS estão o índice de desemprego em Campinas, que atingiu 193,4 mil demissões no período avaliado, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) de Campinas relatados ao G1.
Todas as pessoas que deixaram de investir em planos de saúde em Campinas estão passando pelo Sistema Único de Saúde – SUS, que teve uma alta registrada de 10% no número de atendimentos apenas nos três primeiros meses do ano.
A tendência é o SUS ter ainda mais procura nos meses mais frios de outono / inverno, quando o número de atendimentos já sobe normalmente por conta de problemas respiratórios.
O plano de saúde é um importante aliado quando o assunto é manter-se saudável e garantir atendimento no caso de necessidade. Durante a crise, em que cada gasto deve ser pensado e calculado com cuidado, um corretor de planos de saúde pode ajudar a pensar na melhor forma de unir orçamento familiar e a saúde de todos.
Com a consultoria adequada, o plano de saúde deixa de ser um gasto e se torna um investimento imprescindível para você e sua família!