10 motivos para fazer Pilates

10 motivos para fazer Pilates

1. Aumenta a resistência física e mental
2. Alongamento e maior controle corporal
3. Correção postural e intenso trabalho de respiração
4. Aumento da flexibilidade, tônus e força muscular
5. Alívio das tensões, estresse e dores crônicas
6. Melhora da coordenação motora e traz maior mobilidade das articulações
7. Estimula o sistema circulatório e oxigenação do sangue
8. Facilita a drenagem linfática e a eliminação das toxinas
9. Fortalecimento dos órgãos internos
10. Aumento da concentração
Pilates para Gestantes
Benefícios do Pilates para Gestantes
Durante a gravidez, devido ao cansaço característico no início e ao excesso de sono, as mulheres deixam de praticar atividades físicas.
Realmente, algumas atividades não são indicadas, mas os movimentos do Pilates podem ser muito úteis, especialmente por fortalecerem o chamado “assoalho pélvico”, trabalhado com a ativação do “core”, o conjunto de músculos abdominais e dorsais, e facilitando o trabalho de parto normal, com diminuição do esforço realizado para a hora do nascimento.
A partir do terceiro mês as grávidas podem se dedicar aos exercícios adaptados de Pilates com orientação específica. A adaptação dos exercícios é feita para todas as fases da gestação, sendo que alguns movimentos devem ser evitados devido aos cuidados que se deve ter com a barriga, como os que necessitam de quatro apoios ou em decúbito lateral.
O que deve ser observado, principalmente, é o conforto da gestante. Os movimentos devem ser feitos de forma a ajudar a melhorar a circulação, principalmente dos membros inferiores, evitando inchaços e câimbras.
Também, a prática regular, sempre acompanhada de um profissional capacitado para exercícios de gestantes, pode melhorar a tensão na parte superior das costas. Assim, o bebê recebe mais oxigênio.
A atenção do instrutor deve estar focada nas fases da gestação e na alteração do centro de força e de equilíbrio da futura mamãe, que vai mudando de acordo com o crescimento da barriga.
Além de evitar o ganho de peso durante a gestação, o Pilates faz com que a mãe fique mais relaxada, por combater o estresse e os pontos de tensão, e ainda fortalece a musculatura para um parto tranquilo.
Após o parto, a mulher já pode voltar a realizar os exercícios, com acompanhamento, depois de 30 dias.
Crianças podem praticar Pilates ?
A recomendação dos especialistas é que os exercícios de Pilates podem ser praticados por crianças a partir de quatro anos, desde que sejam adaptados para suas realidades.
A prática de Pilates pode evitar e/ou corrigir a postura das crianças, resultando em adultos com menos dores nas costas, músculos lombares e abdominais mais tonificados e mais qualidade de vida.
De forma lúdica, elas podem aprender a consciência corporal, como se sentar de maneira adequada sem comprometer a coluna, como alongar os músculos encurtados pelo cotidiano de cadeiras e computadores, como (e por que) carregar sacolas e pegar coisas do solo de uma forma mais correta.
Assim, o Pilates só tem a contribuir com o desenvolvimento das crianças. Além de fortalecer a musculatura para, por exemplo, suportar o peso da mochila, corrige a postura, introduz a concentração e ainda serve para extravasar a energia típica da idade.
Pilates configura uma forma segura para as crianças se exercitarem sem agredir a musculatura em desenvolvimento, como pode acontecer com outras atividades físicas. Também, é uma forma de exercício que conta com o auxílio direto de um instrutor, o que traz maior confiança dos pais na correta realização dos exercícios.
É importante destacar que o Pilates para crianças não deve trabalhar o condicionamento ou fortalecimento dos músculos, e sim dar uma maior consciência corporal e postural, o que faz com que ela tenha mais responsabilidade na hora de se sentar em frente ao computador ou para estudar.
Benefícios do Pilates para Idosos
Hoje, a expectativa de vida é cada vez maior e os idosos, considerados na “melhor idade”, têm muitos ganhos na qualidade de vida com a prática de Pilates, uma vez que a situação atual do corpo é levada em conta antes do início dos exercícios.
Alívio da dor, principalmente as lombares, maior percepção dos movimentos, fortalecimento muscular, maior equilíbrio, aumento da flexibilidade (musculatura mais alongada), alívio do estresse, são os principais benefícios conseguidos com a prática de Pilates pelos idosos.
Além disso, há uma grande melhora na autoestima, pois ele consegue realizar uma série de exercícios físicos que até então podia não se julgar capaz. E isso reflete nos afazeres do dia a dia.
Com a prática, as limitações físicas características de idades mais avançadas vão sendo abrandadas e o idoso tem um ganho significativo de vitalidade.
Para eles, assim como para gestantes e crianças, os métodos são adaptados e os exercícios têm finalidades muito específicas, de acordo com cada caso.
Além de fortalecer e alongar a musculatura, muitas vezes frágeis pelo passar dos anos, o idoso ganha autonomia dos movimentos corporais, correção da postura e revigora a mente com base na concentração necessária para cada exercício.
Todos os benefícios vêm com a garantia de nenhuma lesão corporal, já que o Pilates é sempre aplicado com grande margem de segurança.
Benefícios de Pilates
Você conhece os benefícios da prática de Pilates?
Muito se ouve sobre a prática de Pilates, especialmente entre os famosos. Mas você sabe o que é Pilates?
O método Pilates foi desenvolvido pelo alemão Jopeph Pilates, no início da década de 1920, e tem como base o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo.
Com a correta utilização e aplicação dos mais importantes princípios das forças que atuam em cada um dos ossos do esqueleto, com o completo conhecimento dos mecanismos funcionais do corpo, e o total entendimento dos princípios de equilíbrio e gravidade aplicados a cada movimento, no estado ativo, em repouso e dormindo, o Pilates pode trazer inúmeros benefícios à saúde, tanto no condicionamento dos músculos, tonificando-os e tornando-os mais fortes, quanto na parte estética, definindo o corpo ideal, tão buscado nos dias de hoje.
O Pilates configura uma forma agradável, fácil e que traz resultados rápidos para qualquer pessoa, independente do nível de condicionamento físico, desde que feita uma avaliação postural prévia.
O foco do método Pilates é a promoção da saúde como um todo com exercícios que trazem melhora da postura e, inclusive, alívio de dores na coluna pelo fortalecimento abdominal, com consideráveis ganhos na qualidade de vida do praticante.
Para ter músculos bonitos e definidos, é necessário que eles sejam fortes e flexíveis. Aí entra a prática de Pilates, que fortalece os músculos fracos, alonga os que estão encurtados e aumenta a mobilidade das articulações. Tudo isso é conseguido com movimentos fluentes, feitos sem pressa e com o controle necessário para evitar o estresse.
Pilates e a Saúde
Método Pilates e a Saúde
Com a pratica dos exercícios do Método Pilates, ocorre aumento dos batimentos cardíacos, fazendo que a corrente sanguínea dirija sangue “puro” e “fresco” , ou seja, rico em oxigênio, para todas as fibras musculares e importantes veias capilares, aumentando a oferta normal e natural do sangue que irá percorrer o cérebro, resultando em estimulo para as funções metais.
Adquirir a boa forma física não significa ter que realizar séries de exercícios mecanizados e repetidos exaustivamente, mas buscar o prazer e a satisfação em movimentos dinâmicos, diferentes, graciosos e divertidos.
No Método Pilates, busca-se o resgate dos movimentos naturais, da flexibilidade, da graça natural e das habilidades da infância, desenvolvendo a força muscular com paciência e capacidades correspondentes às tarefas diárias, resistindo ao cansaço corporal.
O Método Pilates busca a visão de unidade do homem, de modo que ele não seja visto apenas como um objeto cientifico, um conjunto de órgãos, músculos e ossos, uma vez que o homem é um ser com sentimentos, pensamentos e ações. Os moviemntos realizados durante uma sessão de Pilates são portadores de um sentido para o aluno, esse se conscientiza das transformações e benefícios que ocorrem durante cada movimento, quando o instrutor procura transmitir a característica lúdica e prazerosa, sem extrapolar os limites naturais dos movimentos.
O corpo humano, felizmente, está adaptado para agüentar muita negligencia. Mas não devemos, por isso, sobrecarregá-lo além dos seus limites naturais. “Desta forma, desde a Idade Moderna nós precisamos dedicar mais tempo e atenção a importante questão de se adquirir a boa forma física.